Farnel


Ingredientes

  • 1 frango inteiro (cerca de 1, 5 kg) limpo, sem pele e cortado pelas juntas
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 4 dentes de alho amassados
  • 2 cebolas picadas
  • 6 tomates sem sementes com pele picados
  • 1/2 colher (sopa) de extrato de tomate
  • 1 folha de louro
  • sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 1 colher (chá) de cúrcuma (açafrão da terra) em pó
  • 500 ml de caldo de frango
  • 1 xícara (chá) de cheiro- verde (salsa e cebolinha) picado
  • 1/2 xícara (chá) de azeitona verde picada
  • 4 ovos cozidos picados
  • 250 g de linguiça de porco fresca, frita e picada
  • +/- 1 xícara (chá) de farinha de milho em flocos

Como Preparar

  • Numa panela aquecida, doure 1,5 kg de pedaços de frango em 2 colheres (sopa) de azeite.
  • Acrescente 4 dentes de alho amassados e 2 cebolas picadas e mexa até que a cebola fique transparente. Adicione 6 tomates sem sementes com pele picados, 1/2 colher (sopa) de extrato de tomate, 1 folha de louro, sal e pimenta-do-reino a gosto, 1 colher (chá) de cúrcuma em pó e 500 ml de caldo de frango.
  • Leve ao fogo até ferver, tampe a panela e deixe cozinhar até a carne ficar macia.
  • Tire do fogo, retire os ossos do frango e separe a carne em pedaços grossos. Junte a carne ao molho.
  • Leve novamente ao fogo e acrescente 1 xícara (chá) de cheiro-verde picado, 1/2 xícara (chá) de azeitona verde picada, 4 ovos cozidos picados e 250 g de linguiça de porco fresca frita e picada, mexendo até ferver.
  • Adicione +/- 1 xícara (chá) de farinha de milho em flocos, aos poucos, mexendo sempre, até ficar espesso e bem úmido (como um cuscuz).
  • Ponha no meio de um guardanapo grande de linho engomado, amarre as quatro pontas, coloque num prato de servir.
  • O guardanapo deverá ser desamarrado apenas quando for comer.
  • História do farnel:
  • Nas suas entradas pelo sertão, bandeirantes e depois os tropeiros levavam um farnel que consistia basicamente em farinha, pedaços de frango guisado ou feijão cozido e ovos cozidos duros, tudo amarrado num guardanapo grande.
  • Ao abrir o guardanapo, farinha e demais ingredientes estavam todos revirados e virados, transformados no que viria a ser, muito possivelmente, a origem do atual cuscuz paulista.
  • Em algumas fazendas de tradição, o farnel continua a ser apreciado como prato histórico que é, apresentado com requintado respeito num impecável guardanapo de linho adamascado branco, aberto à mesa na frente dos convidados.

Avalie este Artigo?


Mais pra voce!